A maior descoberta dos últimos tempos para jovens basquetebolistas que querem mudar hábitos alimentares!

Você já tentou mudar hábitos alimentares e não conseguiu?

Nesse conteúdo de hoje, você vai descobrir que quando o assunto é nutrição, normalmente os basquetebolistas mais iniciantes se assustam com imensa informação espalhada por aí em blogs, livros, revistas, etc.

No entanto apesar da imensa informação que existe espalhada por aí, os desportistas nem sempre estão conseguindo atingir os seus resultados. Apesar de saberem exactamente o que devem fazer e como, na hora de tomarem decisões saudáveis, que certamente iriam melhorar a sua performance, desistem.

como-ter-hábitos-alimentares

Uma coisa quero que saiba, nem tudo vai ser perfeito e todos nós cometemos pequenos pecados a nível da alimentação. No entanto o importante é que na maior parte do tempo você tenha uma relação saudável com a sua alimentação e compaixão por algum desleixo.

Se algumas pessoas conseguem fazer, você também conseguirá!

A grande dica de hoje passa por você conhecer mais sobre nutrição e como tomamos as nossas decisões nutricionais.

A grande revolução! Venha comigo que eu irei explicar…

Já conheceu alguém que tomou a decisão sábia de deixar de comer determinados alimentos, mas na hora de agir acaba por cedendo. Sei que na hora isso é a melhor das sensações que se pode ter, mas depois vem uma frustração clara que não sabemos como lidar com ela.

É sobre esses mesmo hábitos e decisões meias escondidas que eu hoje vos venho falar.

Passei por imensas dietas, fiz de tudo o que podia, mas no final sentia-me exausto, sem energia e extremamente frustrado. Consultei inúmeros profissionais de saúde, mas nenhum me conseguiu ajudar a resolver a minha questão de peso a mais de vez.

Comprei inúmeros produtos, passei fome, e parece que nada me resolvia a questão.

Até que…isso mesmo houve uma solução. Mas calma, primeiro tenho de explicar uma coisa!

como-dizer-não-às-dietas

Hoje não irei dar nenhuma receita, nem nenhum detox ou nenhum remédio milagroso (pois isso não existe).

O que está por detrás dos nossos comportamentos e afecta os nossos hábitos nutricionais

Aquilo que vou falar é da origem dos nossos comportamentos. Os nossos comportamentos estão directamente relacionados com os nossos estados emocionais, que por sua vez também depende directamente dos nossos pensamentos e até da nossa fisiologia.

Já ouviu falar de “fome emocional”? Pois na verdade aquilo que no meu entender significa é descobrir quais os estados emocionais que estão presentes na hora de nos comportamos de determinada forma, comendo aquilo que não devemos.

Por isso é que não basta ter uma checklist de receitas ou alimentos que devemos comer. A questão mais importante é de como nos estamos a sentir e de que forma isso afeta os nossos resultados através das decisões que tomamos em relação aos nossos comportamentos.

Se você está a lidar com um desafio deste tipo, a minha grande recomendação é que consulte um coach nutricional e assim dessa forma aprenda como rever a origem dos seus comportamentos e a partir daí fazer as alterações de forma mais correcta. Uma das dicas que muitos profissionais dão aos seus clientes, é que aprendam a gerir as suas emoções através de um processo de auto-conhecimento para mudar a suas vidas de vez, e para isso recomendam um site bastante famoso chamado http://cursosdedesenvolvimentopessoal.com/.

De facto, este pode ser um verdadeiro paradigma e desafio para alguns profissionais que trabalham com áreas nutricionais.

Espero que tenha ajudado! E para finalizar deixo um vídeo com o titulo  “What is a Health Coach? | Integrative Nutrition”: